Conecte-se conosco

Próxima Parada

Seguro Viagem

Como fazer a caminhada de 127 km da Wicklow Way na Irlanda

Geral

Como fazer a caminhada de 127 km da Wicklow Way na Irlanda

Como fazer a caminhada de 127 km da Wicklow Way na Irlanda

Eu estava há quase 4 meses longe da Irlanda, e sabia que teria 3 semanas sem ter muito o que fazer por lá, decidi então fazer uma longa caminhada.

Em 2014 tive a oportunidade de fazer uma trilha conhecida como Wicklow Way, onde dividi os 127 kms de percurso em duas etapas.

11222284_470314453136988_2840290787677175255_n

Em Abril do mesmo ano andei algo em torno de 50 kms em dois dias e em Agosto andei algo de 77 kms em quase 4 dias.

Desta vez, meu objetivo era fazer todo o percurso desta trilha em uma unica viagem.

Pra mim seria um grande desafio, pois eu nunca havia andado tanto de uma unica vez, e sem ter praticamente tempo de pensar muito no que teria que ser feito, pois cheguei na numa Quinta a tarde e sai para a caminhada 2 dias depois.

Atraves do canal Próxima Parada, postei que estaria fazendo a trilha e mais pessoas se interessaram, no total éramos 6 pessoas, 5 brasileiros e uma polonesa.

11855785_10153513468804362_1187002283883907527_n

Sabado pela manha, peguei um onibus do centro de Dublin, numero 16, em direcao ao Marlay Park, parte sul de Dublin, o inicio do trajeto pra quem decidi sair de Dublin é por lá, teríamos entao alguns dias de caminhada até Clonegal.

De lá, já com mochila pronta, trazendo comida, barraca, saco de durmir e demais acessorios, iniciamos essa jornada.

Após 4 kms de inicio, um casal que também estava iniciando a trilha se aproximava, puxei papo e vi que eles eram suiços, começamos a conversar e logo eles mudaram para Portugues, eu sinceramente nao entendi nada, foi ai que eles explicaram que a mae da menina era Brasileira, mas que morava ha anos na Suiça e que o rapaz já havia visitado o Brasil 5 ou 6 vezes, em uma delas ficou por 6 meses, onde teve a oportunidade de aprender e aperfeiçoar o idioma.

11873384_10153513469014362_239154340127346643_n

Extremamente simpaticos, começamos a andar juntos e todas as paradas estavamos juntos tambem.

Eles ficariam na trilha apenas por 3 dias, e estavam dormindo em Hosteis e acomodacoes no caminho, nós ficariamos o dobro do tempo e estavamos acampando. De qualquer forma, a trilha seria só uma, entao combinamos de tentar nos encontrar nos dias seguintes.

Dito e feito, todos os dias nos encontravamos, e andavamos juntos, faziamos as paradas e lanches também juntos e foi bem bacana.

Em contra partida, um dos casais que estava conosco, nao pôde continuar a caminhada, pois um deles teve problemas para continuar andando, e acabou voltando para Dublin quando estavam próximos de Enniskerry, ainda no primeiro dia.

Longas caminhadas para mim tem vários significados.

11880543_10153513471404362_3203710239325124739_n

Um deles é que independente de estar em grupo ou sozinho, sempre existirá um momento, em que voce refletirá sobre sua vida ou sobre o que esta fazendo naquele momento, sua energia estará baixa, suas pernas tremulas, sua mochila pesando de uma forma que ela nunca havia pesado antes, iniciam-se os questionamentos, do por que estar ali: Sera que vou aguentar? E se isso acontecer, como vou voltar? E se eu nao tiver comida? E se nao achar lugar para acampar? Enfim, sua cabeça começa a criar bloqueios para o que voce está fazendo, por que o nivel de dificuldade esta aumentando, e as vezes desistir seja o mais fácil.

É quando internamente voce começa a entender que pensando assim, voce está indo contra os seus objetivos, e que isto nao é o que voce se propôs a fazer. E ai começa uma série de pensamentos que vao te levar a entender os seus limites e os seus objetivos, o mix destes dois pontos, tem me dado força e equilibrio para realizar muitas das minhas aventuras nestes ultimos meses.

11822549_10153504336119362_7678780619821279702_n

O que eu sinto é algo bem pessoal, mas conversando com amigos, eles também sentem algo diferente após alguns dias de atividades intensas e relatam também que encontram momentos para encontrar força nao so para o que se esta sendo feito, mas também para analisar de um modo geral como está sua vida, o que pode ser feito para melhorar e assim por diante.

Eu diria a todos que tiverem oportunidade de passar um tempo fora das cidades e puderem passar mais tempo em contato direto com a natureza, que faça, pois valerá muito a pena. O maior encontro será de voce com voce mesmo.

Voltando a falar sobre a Wicklow Way, uma das perguntas que mais escuto quando se fala na trilha é: Onde voces dormem e comem?

11889699_10153511263194362_6855948192508524327_n

Para facilitar quem tem vontade de fazer este passeio, vou compartilhar com voces o que foi feito por mim, e deu certo, e quem sabe também seja feito por voces.

Ao sair de Dublin, após 3 dias andando, voce chega em Glendalough, que é um local maravilhoso para se passar algumas horas, mas tambem é um local estratégico para recarregar as mochilas com alimentos.

Se voce sair 2 kms da rota da WW, existe uma vila chama Laragh, e tem um Mercado, onde voce pode comprar comida, bebida, frutas, enlatados, enfim, o que precisar.

De acordo com essa informacao, levamos comida suficiente para 4 dias, sabendo que no terceiro teriamos esta base para reabastecermos.

11891221_10153511289049362_5071922781608140606_n

Tudo saiu como planejado, os 3 primeiros dias nos alimentamos com frutas, macarrao instantaneo, arroz semi pronto, ovos cozidos, sardinhas, sanduiches caseiros e foi suficiente para chegarmos em Glendalough.

Lá compramos tudo novamente e também tivemos a oportunidade de comermos em um trailer que tem por lá e serve sanduiches normais e para vegetarianos, um dos integrantes do grupo era vegetariano, mas foi tranquilo para ele achar os alimentos certos durante os dias de caminhada.

Sobre os locais para durmir, existem 3 cabanas de madeira no decorrer da trilha, elas servem de suporte para quem esta caminhando. Se voce tiver saido de Dublin, encontrara a primeira cabana no final do segundo dia, uns 42 kms após o inicio, durmimos lá na segunda noite. 17 kms de lá, após cruzarmos Glendalough, existe a segunda cabana, durmimos lá na terceira noite, e 14 kms de lá está a ultima cabana, a qual passamos por ela no inicio da tarde do quarto dia.

11892079_10153513470289362_6342006348626084489_n 11880691_10153501647489362_9019903599296485413_n 11705353_10153513470904362_2683615875277258208_n

A quarta noite decidimos que andariamos o maximo que pudéssemos e ai acampariamos onde desse, mas nao foi tao fácil achar um local para dormir, pois tinham muitas fazendas na pista, muitos pastos com animais, entao nao poderiamos ficar, andamos quase 3 horas a mais do que queriamos, e começava entao a anoitecer, foi quando um carro se aproximou e pedimos informacao sobre um local para acampar, o motorista pediu para o seguirmos, pois um fazendeiro da regiao poderia nos ceder um espaço em sua terra, e foi com certeza um dos melhores lugares que poderiamos dormir, era num topo de um morro com vista para todas as fazendas que tinham ao redor e com um por do sol incrivel. Montamos acampamento, fizemos a fogueira, jantamos e estavamos todos dormindo em 20 minutos.

11903934_10153513470484362_7158078192980293405_n 11902397_10153513471024362_3895901595401935602_n

Ainda tinhamos uma noite pela frente, mesma estratégia, andamos o maximo que deu, e no fim do dia, nada de achar local para as barracas, estavamos exaustos e preocupados, foi quando achamos uma brecha na entrada de uma fazenda, onde poderiamos acampar e fazer fogueira, entao nao pensamos duas vezes, a primeira barraca foi montada e 1 minuto e a fogueira em poucos minutos também estava já pronta. Foi um dia bem puxado, eramos apenas 4 integrantes neste momento, e dois deles nao tiveram forças nem para jantar.

11222406_10153513471279362_1716411380814852678_n

Ultimo dia, estavamos bem cansados, as mochilas mais maneiras, pois haviamos comido quase todos os mantimentos, entao iniciamos o dia puxando bem os passos e com uma sede gigante de finalizarmos esse trajeto.

Fizemos poucas paradas e no fim da tarde chegamos em Clonegal, destino final para quem começou por Dublin.

Lá tem uma lanchonete que tem um Kebab que eu não consigo descrever tao saboroso que é, também não sei se era tao bom assim, ou se é porque estava morrendo de fome, mas vale a pena comer lá e em seguida ir para o Pub Osborne, um bar com mais de 300 anos de existência onde o dono, te dará um certificado de conclusao da Wicklow Way, irá colocar a data, assinar e te entregar, este é o momento em que voce pede uma Guinness e tem a certeza de que todo o esforço valeu a pena.

11873791_10153513471844362_8730645618081084841_n 11866475_10153513471759362_2928989365970158804_n

Clonegal está a 100 kms de Dublin pela rodovia, como perdemos o onibus que sai de uma cidade vizinha para Dublin, chamamos um taxista brasileiro para nos buscar por lá, pagamos 100 euros pela viagem, que foi dividida por 4 e finalizamos entao todo o percurso em 5 dias e meio.

Valeu muito a pena, e caso voce não tenha todo tempo para este roteiro, voce pode dividir e fazer em pequenos trechos, uma idéia, é fazer de Dublin até Glendalough, que da pra fazer em 3 dias e de la voce volta de ônibus, e caso queira concluir, pode pegar um ônibus de Dublin para Glendalough e mais 3 dias andando saindo de lá.

Os dias foram maravilhosos e hoje tenho a certeza de que essas pessoas com as quais convivi por quase uma semana, nas mais variadas situações, são bons amigos e pessoas que levarei comigo pra sempre!

16929_10153513468914362_4402258935398128001_n

Boa caminhada pra voces, e até a próxima! 😉

 

SIGA o Próxima Parada em todas as redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/danniel.proximaparada/ ou clique AQUI

Instagram: https://www.instagram.com/proximaparada.ie/ ou clique AQUI

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCueX3PnBsHwGEpX65pvLEGA ou clique AQUI

Continuar Lendo
Anuncio
mm

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam pellentesque vel urna id vulputate. Donec bibendum diam elit, porta faucibus felis fermentum volutpat. Curabitur aliquam, tellus a tincidunt accumsan, ex nisi ultrices justo, in porta nisl mauris vitae purus.

3 Comentários

3 Comments

  1. Renata Fernandes

    31/01/2016 em 16h06

    Sensacional!!!!

  2. Liu

    21/11/2016 em 09h22

    Fantástico!!!
    Isso é viver intensamente!!!
    Meu sonho!!!

    • mm

      Danniel Oliveira

      22/11/2016 em 11h53

      Cai pra estrada parceiro! 😉
      abraços

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Geral

Topo