Conecte-se conosco

Próxima Parada

Seguro Viagem

Conheça mais sobre a Macedônia

Europa

Conheça mais sobre a Macedônia

Conheça mais sobre a Macedônia

Durante a segunda Guerra mundial, entre 1941 – 1944, a Macedônia foi invadida pela Bulgária, e logo após o fim da Guerra, automaticamente o país passou a fazer parte da Iugoslávia. Com a morte do presidente Iugoslavo, Tito, em 1980, estava claro que os países parte desta união não se manteriam unidos, mas não foi tao fácil para que eles se separassem. Desta forma a Macedonia só conseguiu se declarar independente em 1991, depois que Croácia e Eslovenia já haviam se separado.

Existe uma grande intriga entre Macedonios e Gregos, e isso se da por vários motivos, nome do País, Bandeira, cidades que eram parte da Macedonia e hoje estão na Grécia, e assim vai. As pessoas que tive contato por lá, fizeram questão de deixar claro que não se tem tanto amor pelos gregos.

Screen Shot 2015-08-05 at 14.10.36

(Foto: Este foi o roteiro que fiz na Macedonia)

Após quase duas semanas viajando pela Sérvia, sai em direção a Macedonia, eu havia marcado de encontrar com um amigo de Israel no Ohrid Lake, que fica no Sudoeste do país, fazendo divisa com a Albania, ou seja, eu tinha uma longa jornada pela frente, pois eu estava em Uzice, na Sérvia, divisa com a Bósnia.

Vi que seria impossível chegar la em um dia, então eu teria que pegar um ônibus até Skopje, capital da Macedonia, achar uma acomodação por la, e no dia seguinte pegar um ônibus para o Lago.

Ao chegar em Skopje já era quase meia noite, eu estava completamente cansado por causa da viagem e ao invés de andar 40 minutos para chegar no Hostel, peguei um taxi, no site do Hostel dizia que a corrida daria no máximo 2 euros, conversei com o taxista, expliquei onde era, mostrei pra ele a localização no meu gps e saímos em direção a acomodação.

Eu estava acompanhando pelo localizador o caminho que o motorista estava fazendo e vi que ele estava fugindo da rota principal, para tornar a corrida mais cara, ao chegarmos em frente ao hostel o valor era de mais ou menos 5.50 euros e mostrava no marcador que eu teria que pagar 330 dinheiro da moeda deles, é ai que começa a brincadeira, o taxista olhou pra mim e teve a cara de pau de falar que o marcador estava em euros e que eu teria que pagar 33 euros, no mesmo minuto eu pensei: “isso vai dar errado”, e falei pra ele que tudo bem, eu iria pegar minhas duas mochilas no porta malas e então o pagaria, peguei minhas mochilas e abri minha carteira, tirei 500 dinheiro da moeda deles, e falei que eu pagaria 330, que era o valor correto, ele disse que nao e tentou puxar a carteira da minha mao, eu havia acabado de sacar o equivalente a 100 euros, eu consegui tirar rapidamente a carteira de sua direção, e ele então puxou a nota de 500 da minha outra mao e disse que eu teria que pagar a diferenca, eu disse que tudo bem, eu pagaria, mas ele teria que me seguir ate o Hostel para falar com um dos staff de lá, ele disse que tudo bem, que iria estacionar o carro direito, eu entao abri o portao do hostel e chamei rapidamente o pessoal da recepcao, o motorista nao pensou duas vezes e fugiu do local com a minha nota de 500.

Foi uma situação bem chata, eu fiquei muito puto, e demorei umas 3 horas pra dormir, fiquei imaginando que mesmo depois de tantas viagens feitas, como eu pude ser tao amador e ter deixado a situação ir por onde foi, mas no dia o meu cansaço estava tanto que quando peguei o taxi, acabei relaxando mais do que normalmente eu faço. Enfim, fica a lição e o aprendizado deste momento que foi o primeiro mais chato da viagem. Uma coisa que eu sempre fazia era sentar ao lado do motorista para ficarmos mais de igual pra igual, irmos conversando e tal, mas desta forma, qualquer coisa que voce faz, a pessoa ao lado tem total visão, por exemplo abrir a carteira, mexer no celular, enfim, não sento mais ao lado de ninguém, e desde então ao pegar taxi vou direto pro banco de trás.

Dia seguinte, acordei cedo, pessoal da recepção chamou um taxi pra mim, fui pra estação e peguei um ônibus para o Lago Ohrid, que deste de 1979 é Patrimônio mundial da Humanidade pela Unesco, é o lago mais profundo dos Balcãs com 288m de profundidade e um dos mais antigos do mundo, estando no topo da lista juntamente com o Lago Titicaca, na cordilheira dos Andes e o Lago Baikal na Rússia. Foram quase 4 horas de viagem, bem cansativa e desgastante, por causa da estrada, mas independente de qualquer coisa eu estava no lago, o clima estava maravilhoso mas quase 40 graus. Encontrei meu amigo Boaz, eu o conheci em uma das vilas que eu estava fazendo trabalho voluntário no Nepal, juntos ajudamos a reconstruir uma escola e desde então começamos a andar juntos por lá e combinamos de nos encontrar na Europa assim que desse, e rapidamente os roteiros encaixaram e estávamos na Macedonia.

DSCN2559

11041190_10153439848969362_2598562186330266235_n

11745548_10153449109704362_5734144911781551299_n

 

(Fotos acima: Diferentes pontos do Lago Ohrid).

Nos hospedamos em um Hostel chamado Sun Lake, que com certeza foi o melhor da viagem até agora, paguei 11 euros por dia, os donos são dois irmãos que são os caras mais engraçados e solícitos da Macedonia, eles desprendem o tempo que for ajudar os hospedes, a estrutura é bem bacana, tem uma area aberta na parte de trás da acomodação, com sofas e redes e uma grande mesa, é um local bem acolhedor, me senti muito bem lá.

Tirei o primeiro dia no lago para dar um volta pelo centro de Ohrid, e não fazer nada de especial, comi bem e barato, e fui para o hostel encontrar com os novos amigos que fiz, pois a noite íamos para uma festa de Jazz onde um brasileiro ia tocar, foi bem bacana, mas ele tava tocando samba, de qualquer forma foi bom ouvir musica brasileira ao vivo depois de tanto tempo.

Dia seguinte pegamos um ônibus cedo, e fomos visitar um mosteiro que fica a 30 kms de Ohrid e chama Monastery of Saint Naum.

DSCN2507

11705110_10153437758229362_6360656802431185466_n

 

(Fotos acima: Arredores do Mosteiro e nascente do Lago)

Local é bem tranquilo, cheio de turistas, com bons restaurants e é a nascente do lago, lá voce pode alugar barcos e pedalinhos e ter um dia bem agradável pela praia do lago.

Passamos o dia por lá, conhecemos 3 caras da Espanha, que também estavam no nosso hostel, então passamos o dia todo os 5 juntos.

Os outros dias no lago foram mais para relaxar. Conheci boas pessoas por lá, então a programação era basicamente caminhadas e lago durante o dia e a noite festas, normalmente iamos para os mesmos bares, primeiro Jazz & Blues e depois Jazz Inn, esse ultimo ficava aberto até mais tarde, foram dias felizes! 🙂

Após praticamente uma semana por lá, conheci a Tamara e o Philip da Australia, eles estão viajando desde Novembro de 2014, e o melhor, estão viajando com os pais, é isso mesmo, os pais e eles deixaram tudo para trás, saíram do trabalho e vão passar entre 2 a 3 anos viajando o mundo.

Descobrimos que haveria um festival de Cerveja numa cidade chamada Prilep, como os pais deles haviam comprado um carro na Sérvia para facilitar a locomoção na viagem, eles decidiram que iam pedir o carro emprestado para que pudéssemos ir ate o festival e ficar dois dias por la, eles não queriam pedir, e fizemos um plano onde eles me apresentariam seus pais e eu iria pedir o carro pra esse passeio ahahahha, e então la fui eu, conheci os pais deles, expliquei os planos e a chave do carro estava na mao.

Saímos de Ohrid, passamos por uma cidade chamado Bitola, demos uma volta por la e chegamos em Prilep para o festival, vimos que não estava tao animado, então comemos e bebemos um pouco e fomos pesquisar alguma outra atração que tinha no país. Descobrimos um outro festival numa cidade chamada Dojran, que ficava a 2 horas de lá, e fazia divisa com a Grécia e Bulgária, nao pensamos duas vezes, fomos direto pro festival.

Chegamos lá, o show estava lotado, vimos que íamos gastar uma grana pra entrar, decidimos então comprar bebidas e ficar na porta, pois também tava bem lotado e muita gente fazendo o mesmo, ficamos por lá.

Acabou o show, estava amanhecendo, não tínhamos onde ir dormir, eu e o Philip dormimos no carro o Boaz e a Tamara foram dormir numas cadeiras na margem do lago. Noite foi longa, pois logo esquentou muito e ninguém conseguia ficar dentro do carro, nossos planos era de ir pra Skopje e o dos irmãos de voltar pro lago, eles decidiram que iam ficar por la mais uma noite, pois ia ter um show do Mano Chao, o Boaz decidiu ficar tambem, nao achei motivos pra ficar, me despedi do pessoal e peguei o primeiro onibus para a capital Skopje.

Fiquei num hostel bem ruim, eram 4 quartos, dois para mochileiros, um para uma família que ficava direto lá e o outro era usado por duas prostitutas que eram bem ativas por sinal, pois o tempo todo estavam chegando por la com clientes.

Fiquei por la dois dias e acabei mudando para outro hostel.

Nos dias que fiquei em Skopje fiz o free walking tour, valeu muito a pena entender um pouco mais da história da cidade e do país, aproveitei também para rever vários amigos que fiz no lago, pois todos acabaram indo para a capital e também para encontrar algumas amigas da Macedonia que também conheci no lago.

Perto da capital, se encontra o Marka Canyon, que é uma das principais atracões turísticas de Skopje, estando 15kms afastado do centro. Lá também é possível encontrar cavernas as quais podem ser exploradas, para se ter acesso, voce pode alugar um caiaque ou pegar lugar em um barco, dividindo com outros turistas, foi a opção que eu fiz, paguei algo em torno de 5 euros, foram quase duas horas de programação, valeu a pena.

11745845_10153459057474362_2067474860846478864_n

DSCN2609

DSCN2638

Após 4 dias na capital, vi que tava na hora de continuar a viagem e me organizei para ir para Kosovo, meu amigo Boaz ia fazer uma caminhada de 7 dias nas montanhas da Macedonia, ele encontrou com outro amigo de Israel que havia conhecido na India, então me despedi dos israelenses e dei continuidade a minha jornada.

Kosovo é uma parte dos Balcãs que eu estava bem curioso para conhecer, então os próximos dias foram por lá e escrevei num proximo post!

Encerro por aqui a jornada da Macedonia.

Até a próxima.

(Foto de capa: Lago e cidade de Ohrid)

 

É isso pessoal, obrigado a todos que seguem os meus canais.

Te recomendo seguir o Próxima Parada também no YouTube, Instagram e Facebook, os links estão logo abaixo, tem muito material legal por lá:

SIGA o Próxima Parada em todas as redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/danniel.proximaparada/ ou clique AQUI

Instagram: https://www.instagram.com/dannieloliveira/ ou clique AQUI

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCueX3PnBsHwGEpX65pvLEGA ou clique AQUI

 

Continuar Lendo
Anuncio
mm

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam pellentesque vel urna id vulputate. Donec bibendum diam elit, porta faucibus felis fermentum volutpat. Curabitur aliquam, tellus a tincidunt accumsan, ex nisi ultrices justo, in porta nisl mauris vitae purus.

Clique para comentar

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Europa

Topo