Conecte-se conosco

Próxima Parada

Seguro Viagem

Campo Base do Everest – O que levar?

Sem categoria

Campo Base do Everest – O que levar?

Campo Base do Everest – O que levar?

Então, se você está se preparando para fazer a caminhada do EBC (Everest Base Camp), segue aqui algumas dicas, dos meus parceiros lá no Nepal do que você deveria levar.

Nem tudo eles colocam como obrigatório, até porque o peso que você vai carregar nos dias de caminhada, será um fator importante em relação ao seu desempenho. Mas me deram algumas dicas do que poderia ser útil, então venho aqui compartilhar com vocês.

Bem, serão 9 dias de caminhada do aeroporto de Lukla até o campo base do Everest, onde 2 desses dias vamos parar para fazer aclimatação. Nos dias de caminhada, andaremos uma média de 4 a 7 horas. Iniciaremos nossa caminhada a 2.860 metros de Altitude em Lukla e iremos até 5.360 metros no EBC. São 2.500 metros de diferença, que faremos em uma prazerosa caminhada de 62 km de ida e 62 km de volta, totalizando então, 124 km de caminhada.

A boa saúde é fortemente encorajada se você deseja garantir uma viagem agradável e segura. Trekkers que estão planejando viajar para os Himalaias devem ter três níveis básicos de condicionamento físico a serem considerados. Sendo eles: Condicionamento aeróbico, força física e saúde mental. Qualquer pessoa em bom estado de saúde, pode fazer tranquilamente a caminhada, por isso não precisa se preocupar, o itinerário criado, foi pensando justamente em tornar essa caminhada acessível a mais pessoas.

Abaixo, segue relação de itens necessários, mas não obrigatórios para nossa aventura:

  • Roupas:
    2 camisas dri fit de manga curta;
    2 camisas manga longa térmicas (1 para dormir);
    2 calças térmicas (1 para dormir);
    1 calça de trekking (2 caso se preocupe muito com a limpeza da mesma);
    2 sutiãs esportivos, para mulher;
    Roupas de baixo (descartáveis);
    Casaco de lã leve;
    Jaqueta impermeável;
    2 pares de meias longas regulares (para caminhadas diárias);
    1 par de meias longas mais grossas (para dormir).
  • Acessórios:
    Chapéu;
    Gorro;
    Boné;
    Bandana (recomenda-se levar 2, pois vai ficar muito empoeirado e você pode querer trocá-la);
    Óculos de sol com proteção contra os raios UV (você não vai querer queimar os seus globos oculares à medida que se aproxima do sol);
    Luvas grossas impermeáveis.
  • Eletrônicos:
    Celular;
    Carregador de telefone;
    Bateria portátil (Levar com a maior capacidade de carga possível, pois a eletricidade lá em cima é cobrada por cada carga);
    Câmera + baterias extras (vida útil das pilhas encurtar no frio);
    Tripé (opcional).
  • Artigos de higiene pessoal:
    Shampoo, levar o mínimo possível, pois você só vai tomar banho poucas vezes durante toda a jornada;
    Shampoo seco (mais indicado para quem tem o couro cabeludo mais oleoso;
    Sabonete corporal;
    Protetor solar (ideal tipo spray, indicamos SPF 50 ou acima);
    Lenço umedecido;
    Hidratante (tanto para o rosto e corpo. Sua pele fica muito seca no Himalaia);
    Pasta de dentes;
    Escova dental;
    Talco em pó;
    Toalha de microfibra pequena.
  • Equipamentos:
    Saco de dormir;
    Forro de saco de dormir (opcional, se você se sentir desconfortável usando o saco de dormir comum);
    Sapatos de trekking (ideal cano alto/médio e à prova d’água, apesar de não haver muitas travessias de rio);
    Bastões de trekking (no centro de Kathmandu, Rua Thamel, da para comprar por US $ 9,00 / par);
    Lanterna (mais para caminhar à noite nos arredores da acomodação);
    Canivete Suíço (para qualquer emergência).
  • Diversos:
    Passaporte;
    Garrafa térmica (pra quem gosta de tomar um café ou chá sempre quente);
    Chinelos (excelente para dar uma pausa no uso das botas e para caminhar pelas casas de chá nas paradas a noite);
    Medicação (Ibuprofeno / Panadol, gripe, diarreia, pílulas nauseantes, Diamox (doença de altitude), pastilhas, e qualquer outra medicação usual que você toma);
    Papel higiênico (Pode ser que alguma das casas de chá pelo caminho não tenham papel higiênico);
    Desinfetante para as mãos;
    Lanches e chocolates (barras de cereal, biscoitos, amendoins e chocolates serão bem vindos).
  • Coisas que muitas pessoas queriam ter levado, mas só perceberam depois que já estavam nas montanhas:

Carregador portátil mais potente – Você ainda pode carregar seus eletrônicos nas casas de chá, mas fica mais caro à medida que você sobe mais alto! Custo médio em torno de US $ 3-5 por carga total da bateria. Recomendaria pelo menos 10.000 a 20.000 mAh para as baterias recarregáveis;

Boné – Normalmente os dias são com poucas nuvens, portanto se você não tem costume de usar bonés, vai sentir muita falta quando o sol ficar diretamente em contato com seus olhos o dia todo;

Protetor solar suficiente (preferencialmente tipo de spray) – Devido ao peso, muitas pessoas comprar protetor solar tamanho pequeno, para que fique melhor na mala. Você vai usar protetor o dia todo. E o ideal é que seja spray, pois as mãos começarão a ficar muito sujas depois de 2 semanas tomando pouco banho e você não vai gostar da idéia de usar suas mãos sujas para aplicar protetor solar em todo o rosto. Caso não leve, você ainda poderá comprar em uma das paradas no Namche Bazaar;

Bandeira nacional! Depois de dias de caminhada, estar no campo base da montanha mais alta do mundo, vai te dar um boost de entendimento do que é superação e também de patriotismo;

Marcador permanente – São vários lugares pelo caminho, destinados aos que querem deixar uma mensagem ou sua marca de que passou por ali;

Enxaguante bucal – À medida que você sobe as montanhas, começa a ficar muito frio para lavar o rosto ou escovar os dentes. Em alguns pontos a água pode estar completamente congelada. Então, lavar a boca seria ótimo neste tipo de situação.

Caso você queira saber como vai ser nossa viagem para o Campo Base do Everest, clique AQUI e veja datas, roteiro, valores e forma de pagamento.

 

Gostou da idéia, entre em contato comigo:
Whatsapp: +55 84 98186 7080
Email: proximaparada.info@gmail.com

Acompanhe meu trabalho e viagens pelo @dannieloliveira

Ainda tem dúvidas?

Continuar Lendo
Anuncio
mm

Danniel Oliveira, viajante que ama fazer trabalhos voluntários ao redor do Mundo, já conheceu 58 países e tem como sonho conhecer cada vez mais culturas, pessoas, aprender sempre com elas e trazer algum tipo de mensagem positiva para suas respectivas vidas.

Clique para comentar

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Sem categoria

Topo